Aniversário da Casa de Cultura

Com um dia repleto de atividades culturais, a Casa de Cultura Poeta Brasil dos Reis celebrou 33 anos de existência.

Durante todo o dia, quem passou pela Rua do Comércio pode conferir exposições de vários artesãos da cidade. A programação contou com apresentações do projeto Musicalizando, com alunos do Frade e Belém; e de músicos participantes do projeto Sarau In Casa.

O público também conferiu uma apresentação do grupo de dança Arte Fênix, performance teatral, dança com o grupo da terceira idade dos Cras, apresentação de dança com Jhonny e música voz e violão. No local também há uma mostra de artesanato, com produtos confeccionados pelos alunos do curso de tricô, crochê e bordado mantidos pela prefeitura. Já no primeiro piso estão expostos os quadros da exposição ‘Um Olhar sobre Angra’, da artista plástica Alda de Assis, que segue aberta à visitação.

O encerramento da programação aconteceu na parte da noite, com a apresentação do músico Bruno Perez e o tradicional corte do bolo, que contou com a presença do prefeito Fernando Jordão (MDB), da secretária executiva de Cultura e Patrimônio, Marlene Ponciano, de representantes das mais variadas vertentes culturais da cidade e de representantes da família do poeta Brasil dos Reis, que dá nome à Casa de Cultura.

“É um prazer estar aqui nesta noite comemorando os 33 anos deste espaço tão importante para a nossa cidade, que abriga exposições dos artistas locais e movimenta o cenário cultural do nosso município. Costumo dizer que as dificuldades existem, mas o nosso papel é o que estamos fazendo: pular obstáculos para levar cultura para a nossa população e para àqueles que nos visitam”, destacou o prefeito.

Segundo a secretária executiva de Cultura e Patrimônio, Marlene Ponciano, a festa foi um sucesso. “Não poderia ser diferente com tantos artistas dispostos a fazer parte dessa história. Foi um dia de integração, alegria, troca e parceria, do início ao fim, que culminou em um caloroso parabéns e corte do bolo. Que esse espaço possa comemorar muitos anos de história, formando novos artistas”, frisou a secretária.

Casa de Cultura Poeta Brasil dos Reis

A Casa de Cultura Poeta Brasil dos Reis foi fundada no dia 25 de agosto de 1985 e é a primeira Casa de Cultura do Estado do Rio de Janeiro. Recebeu esse nome em homenagem ao poeta Brasil dos Reis e funciona em um sobrado de 1824. Foi fruto da luta do movimento cultural da cidade, liderado por artistas do grupo teatral Revolucena,  com o apoio da população local, que reuniu muitas assinaturas, para evitar a demolição do casarão, que foi tombado, assim como outros patrimônios históricos do município. João Luiz Gibrail Rocha, então prefeito à época, decretou a desapropriação do prédio, cedendo-o para a criação de uma casa de cultura, por meio de um convênio entre a Secretaria de Estado de Cultura e a Prefeitura.

Benedito Angrense Brasil dos Reis Vargas ou simplesmente Brasil dos Reis, nasceu em 4 de maio de 1895 e morreu na Santa Casa de Misericórdia, em 22 de abril de 1975. É considerado um dos maiores poetas do Estado do Rio, autodidata, conseguiu por esforço próprio uma invejável cultura literária. Aos 11 anos de idade já fazia versos e escrevia pequenos jornais manuscritos. Além, de poeta, Brasil dos Reis era também jornalista e historiador.

 

Fonte: Sopa Cultural

Tags: Aniversário da Casa de Cultura

Imprimir Email

  • /index.php/salas/64-espaco-cultural/ultimas-novidades/1167-google-daydream-estudantes-treinam-e-fazem-experimentos-em-laboratorio-vr
  • /index.php/salas/64-espaco-cultural/ultimas-novidades/1165-queermuseu-esta-em-cartaz-no-rio-de-janeiro