Realidade Aumentada Melhora Experiência de Surdos em Peça de Teatro

Tecnologia, como a usada no aplicativo Pokémon Go, colocará legendas no espetáculo.

A peça de teatro chamada “O Arquiteto e o Imperador da Assíria” contará com a ajuda de duas tecnologias para melhorar a experiência de surdos e pessoas com deficiência auditiva no espetáculo. Os espectadores poderão pedir para usar óculos de realidade aumentada, que funcionam junto com algoritmos de inteligência artificial, para ver legendas em tempo real na apresentação.

Os equipamentos usados são os óculos Gear VR, da Samsung, que usam smartphones topo de linha da marca como telas. A peça poderá ser vista com legendagem através da câmera dos aparelhos.

O programa de inteligência artificial que funciona nos celulares irá detectar o que é dito pelos atores e converter o áudio em frases com vocabulário simplificado no visor. A ideia é agilizar o processo usado anteriormente. No ano passado, a peça “O Pai”, estrelada por Fulvio Stefanini, foi a primeira a usar esse tipo de tecnologia no Brasil.

No Novotel Jaraguá (no centro de São Paulo), a peça “O Arquiteto e o Imperador da Assíria* terá apresentações nos dias 13 e 27 de abril, 11 e 18 de maio de 2018, 8 e 22 de junho, 6 e 20 de julho, 17 e 31 de agosto, 14 e 28 de setembro e 5 de outubro, às 21h.

Imprimir Email

  • /index.php/salas/65-espaco-cultural/noticias/1062-matematico-brasileiro-e-premiado-pela-royal-society-de-londres
  • /index.php/salas/65-espaco-cultural/noticias/1060-escola-incorpora-empreendedorismo