O livro 'antiprincesas' que Ensina Meninas a se Rebelarem

"Era uma vez uma menina que adorava a escola." Assim o livro infantil Histórias de Ninar Para Garotas Rebeldes começa a contar a história (verdadeira) de Malala Yousafzai, adolescente paquistanesa vencedora do prêmio Nobel e que levou um tiro do grupo extremista Talebã em 2012 por defender o direito das meninas à educação.

O livro usa ilustrações e narrativa de conto de fadas para contar histórias de cem mulheres inspiradoras ao redor do globo. A ideia é ensinar meninas a se rebelar contra estereótipos de gênero e a seguir seus sonhos.

Desde o lançamento, famílias têm compartilhado nas redes sociais as impressões de seus filhos sobre as garotas rebeldes.

Brynn tem 5 anos e vive em Chicago, nos Estados Unidos. Ela ficou fascinada pela história de Manal al-Sharif, ativista conhecida como "a mulher que se atreveu a dirigir" depois de desafiar a proibição, na Arábia Saudita, de elas guiarem veículos.

"Brynn ficou me perguntando: 'então eles disseram que ela não podia dirigir?'. E eu respondia: 'isso mesmo'. Aí ela sorria maliciosamente e dizia: 'mas ela dirigiu'", contou sua mãe, Patti.

Brynn ficou tão inspirada pela história que copiou o retrato dela, que sua mãe enviou a Manal.

 

Fonte: G.R

Tags: livros, infantil, garotas, educação

Imprimir Email

  • /index.php/salas/literatura/31-sugestao-de-leitura/619-o-cacador-de-pipas