Fim da dinastia Tang na China leva à dissolvição do império

A dianastia Tang, fundada em 618, havia reunificado a China entre 581 e 618, após três séculos de fragmentação. Os chineses tambem invadiram a Ásia central, na Coréia e em Anam. A dinastia Tang governou o maior império do mundo até ser derrotada, em 751, pelos árabes, perto do rio Talas, no Turquestão ocidental. Suas relações de vassalagem estendiam-se até Áden. Durante a dinastia, a imprensa foi inventada e a pólvora fabricada para ser usada em armas de fogo. A dinastia é tambem conhecida pelo florescimento artístico. Os Estados vizinhos, particularmente a Coréia e o Japão, tentavam imitar a China. Em 755, a dinastia entrou em decadência. As invasões nômades e as revoltas deram poder a generais que passaram a controlar exércitos regionais, levando à fragmentação do império.