Esta Casa Vale Milhões...

Esta casa vale milhões... e estão pendurados nas paredes.

Sala de estar de Heller com a obra "One" de Jackson Pollock

Ben Heller não era um especulador ou sequer um às do investimento no setor da construção/imobiliário, mas a verdade é que o seu apartamento – perto do Central Park, em Nova Iorque (EUA) – chegou a valer mais de 1.000 milhões de dólares. E não, não estamos a falar dos metros quadrados (m2) desta casa. Estes milhões estão literalmente... pendurados nas paredes. O nova iorquino foi mecenas de uma geração de pintores bem-sucedidos do Expressionismo Abstrato, colecionando obras de valor incalculável ao longo dos anos.

O discreto apartamento no 151 do Central Park West acumulou muitas obras de arte de nomes como Jackson Pollock, Bernett Newman, Mark Rothko, Williem de Kooning ou Robert Motherwell.

Só a sala de jantar acolhia dois Rothko – o “Number 27” e o “Earth and Green” – que hoje em dia poderiam ter um valor superior a 200 milhões de dólares. Heller, que começou nos anos 1950 a colecionar peças de artistas inovadores, mas desconhecidos até então, conta como Pollock, um dos seus melhores amigos, lhe vendeu a obra "One" por 3.500 dólares.

A maioria das obras que estavam naquele apartamento do edifício central "The Kenilworth" estão agora na coleção privada de Heller ou acabaram em museus espalhados pelo mundo. O apartamento, requintadamente decorado, foi complementado por esculturas de Alberto Giacometti, por exemplo.

De referir que durante os anos 1970 e 1980 Heller vendeu algumas das pinturas expressionistas que comprou por menos de 10.000 dólares a preços recorde de cerca de dois milhões de dólares por peça.

 

Tags: Esta Casa Vale Milhões...

Imprimir Email

  • /index.php/salas/65-espaco-cultural/noticias/1270-curiosidade-de-quadro-de-picasso
  • /index.php/salas/65-espaco-cultural/noticias/1268-pintora-espanhola-melhor-cotada-do-mundo