Pintores Recriados com Algoritmo

Talento de pintores famosos recriados com algoritmo.

Talento de pintores famosos recriados com algoritmo

Grupo de investigadores foi capaz de criar uma máquina capaz de entender quais os elementos técnicos que compõem o que é entendido como uma obra de arte.

Apesar de todas as inovações tecnológicas a sensibilidade artística ainda é algo exclusivo dos seres humanos, pelo menos de alguns nomes da história como Van Gogh, Picasso e Edvard Munch. Apesar da sua arte ainda se manter intacta, o talento já consegue ser replicado por uma máquina.

Conta o Business Insider que este avanço foi possível graças à investigação de uma equipa da Universidade de Tubinga, na Alemanha, que conseguiu criar um algoritmo capaz de aprender o que faz uma obra de arte em termos técnicos, nomeadamente estilo, cores, técnicas e tipo de pincelada.

Para tal, a equipa usou como modelos obras específicas de certos pintores como ‘A Noite Estrelada’ de Van Gogh ou ‘O Grito’ de Munch para que o algoritmo conseguisse replicar o estilo numa simples fotografia de uma rua, obtendo assim resultados instantâneos.

“Em boa arte, especialmente pintura, os humanos dominaram a habilidade de criar experiência visuais únicas através de composição e de um cruzamento complexo entre conteúdo e estilo de imagem. Até aqui, as bases de algoritmo deste processo são desconhecidas e não existe nenhum sistema artificial de capacidades semelhantes,” notaram os investigadores.

 

Tags: Pintores Recriados com Algoritmo

Imprimir Email

  • /index.php/salas/65-espaco-cultural/noticias/1272-obras-sacras-decoram-igrejas
  • /index.php/salas/65-espaco-cultural/noticias/1270-curiosidade-de-quadro-de-picasso