Alfred Hitchcock

Atividades: Diretor, Ator, Produtor mais

Nome de nascimento: Alfred Joseph Hitchcock

Apelidos: Hitch, Sir Alfred Hitchcock

Nacionalidade: Britânico

Nascimento 12 de agosto de 1899 (Leytonstone, Londres, Inglaterra)

Morte: 29 de abril de 1980 aos 80 anos de idade

 

BIOGRAFIA

- Filho de William e Emma Hitchcock, Alfred foi criado debaixo de uma rígida formação católica;

 

- Em 1915, foi trabalhar na Henley Telegraph and Cable Company, sendo que já em 1919, aos 20 anos, começou sua carreira no cinema, ao conseguir um emprego de designer de inter-títulos no estúdio da Players-Lasky, em Londres. Lá ele aprendeu a roteirizar, editar e também direção de arte, e em 1922 se tornou assistente de direção;

 

- Neste mesmo ano, dirigiu Number Thirteen ou Mrs. Peabody, que nunca foi finalizado. Seu primeiro longa-metragem completo como diretor foi The Pleasure Garden, uma produção anglo-germânica de 1925, filmada em Munique;

 

- No ano seguinte, filmaria The Lodger, que sintetiza muito da sua obra, pois além da trama ser sobre um protagonista inocente que é falsamente acusado e acaba sendo envolvido em uma rede de intrigas, este filme também marca a primeira aparição do diretor. Estas aparições inclusive se tornaram uma marca, tanto que com o passar dos anos Hitchcock aparecia mais no início dos filmes, pois a audiência ficava tão preocupada em vê-lo que desviava a atenção da trama. Assim, em filmes mais recentes, ele normalmente surge logo no início do filme e de uma maneira que é fácil localizá-lo;

 

- Já em 1929, filmaria Chantagem e Confissão, que se tornou seu primeiro filme falado, apesar de ter sido inicialmente concebido para ser mudo. Em 1939, dirigiria A Estalagem Maldita, que marcaria o fim da chamada "fase inglesa". No ano seguinte, começaria com o pé direito sua "fase americana", ao filmar Rebecca – A Mulher Inesquecível, que ganhou o Oscar de melhor filme e deu para Hitchcock sua primeira indicação ao Oscar;

 

- Ele também foi indicado por Um Barco e Nove Destinos, Quando Fala o Coração, Janela Indiscreta e Psicose, mas nunca ganhou um Oscar. Em 1967, recebeu da Academia o prêmio Irving G. Thalberg, pelo conjunto da sua obra. Além dos títulos citados, filmes como: A Dama Oculta, Correspondente Estrangeiro, Suspeita, Sabotador, A Sombra de uma Dúvida, Interlúdio, Festim Diabólico, Pacto Sinistro, O Homem que Sabia Demais, Um Corpo que Cai e Os Pássaros foram responsáveis por inspirar uma nova geração de cineastas e revolucionar o suspense. Na verdade, foi Hitchcock quem melhor definiu a diferença entre mistério e suspense. Enquanto que no primeiro ninguém sabe o que está para acontecer, no segundo apenas os personagens da trama desconhecem os acontecimentos, enquanto a platéia presente sabe o que está para acontecer;

 

- Por tudo isto, Alfred Hitchcock ficou conhecido no mundo inteiro, e mesmo quando em 29 de abril de 1980 se noticiou que o "Mestre do Suspense" falecera em Los Angeles, ninguém negou que sua obra continuaria cada vez mais viva com o passar dos anos;

 

- Nunca ganhou um prêmio por melhor direção no Oscar, apesar de ter sido indicado 5 vezes;

 

- Entre 1920 e 1922, Alfred Hitchcock trabalhou em 12 filmes, exercendo sempre a função de designer de inter-títulos. Eis a relação completa: The Call of Youth (1920), The Great Day (1920), Appearances (1921), The Bonnie Brier Brush (1921), Dangerous Lies (1921), The Mystery Road (1921), The Princess of New York (1921), Love's Boomerang (1922), The Man From Home (1922), Spanish Jade (1922), Tell Your Children (1922) e Three Live Ghosts (1922).

 

- Costumava dizer a seguinte frase: "Ator para mim é como gado!".

 

- Desde The Lodger (1926), Hitchcock faz ao menos uma aparição em seus filmes.

 

- Na Lista Britânica de Honra do Ano Novo de 1980 foi nomeado Cavaleiro Comendador do Império Britânico.

 

Os usuários da comunidade Almes de compartilhamento e entretenimento disponibilizam grandes sucessos de Alfred Hitchcock.

 

Tenha acesso grátis a grandes filmes de Alfred Hitchcock.

 

Imprimir Email

  • /index.php/salas/cinema/83-diretores/1233-francis-ford-coppola-2
  • /index.php/salas/cinema/83-diretores/1197-charles-chapin