A Invenção do Vaso Sanitário

Nas cidades greco-romanas da antiguidade, os espaços sanitários públicos eram sempre em forma de bancos conjuntos.

Nestes não havia compartições individuais. Em frente ao banco sanitário público passava sempre um pequeno córrego ou uma vala de água que era para os usuários fazerem as suas abluções.

No século XVI, famílias mais abastadas tinham cadeiras de madeira que em seu interior colocava-se um recipiente para a coleta dos dejetos. No ano de 1596, o poeta inglês John Harington descreveu aquilo que seria hoje o vaso sanitário "moderno", com descarga (ou autoclismo) e em 1778, Joseph Bramah melhorou o invento de Harington.

Em 1739, em Paris, foi criado o primeiro banheiro público com divisão por sexo e em 1885, Thomas Twyford lançou os primeiros vasos sanitários de porcelana e substituíram as peças de madeira.

Vasos com sifão foram lançados no final do século XIX e no século XX, popularizaram o uso de banheiros dentro das residências com vasos sanitários.

Tags: A Invenção do Vaso Sanitário

Imprimir Email

  • /index.php/salas/historia/59-invencoes/1431-a-invencao-da-internet