As Brumas de Avalon

Uma obra magnífica para os leitores amantes das aventuras medievais. Obra baseada em registros literários sobre o rei Artur e explorada de um ângulo sutilmente místico.

Embora não haja registros históricos sobre este assunto, identificamos pesquisas aprofundadas feitas pela autora em sua obra, tais como possível período, geografia, cultura, inimigo, pensamento e fatos...

O grande diferencial, acredito, esteja em sua proposta, a apresentação da história do rei Arthur sob a ótica feminina.

É importante não confundir quaisquer trechos com chamadas feministas, trata-se da importância do personagem feminino, o que nos permite uma nova visão desta história

 

As Brumas de Avalon
The Mists of Avalon- 1979

São quatro volumes:

  1. A Senhora da Magia
  2. A Grande Rainha
  3. O Gamo Rei
  4. O Prisioneiro da Árvore

Marion Zimmer Bradley escreve de uma maneira fluida e envolvente a saga do Rei Artur mas sob uma ótica singular: através dos olhos de Morgana.

É uma narrativa envolta em misticismo, que relata os bastidores da vida de Artur e das Damas de Avalon, de como as culturas pagãs e cristãs estavam em choque em uma época de honra e bravura, quando se lutava pela formação da Bretanha.

Esse ambiente conturbado pela constante ameaça de invasão dos saxões era entremeado pela sutileza da magia de Avalon e pela promessa da danação eterna dos sacerdotes cristãos.

Tudo começa quando Morgana era uma criança, foi separada da mãe para morar em Avalon e ser criada pela própria Senhora do Lago, Viviane.

Com detalhes magníficos e de uma maneira tão bem escrita, os livros de "As Brumas de Avalon" são capazes de fazer qualquer pessoa desejar que, algum dia, um viajante ao tentar chegar à Ilha de Glastonbury erre o caminho e encontre a lendária Ilha de Avalon.

Marion Zimmer Bradley

 

Imprimir Email

  • /index.php/salas/literatura/31-sugestao-de-leitura/212-a-morte-e-a-morte-de-quincas-berro-dagua
  • /index.php/salas/literatura/31-sugestao-de-leitura/169-cartas-do-diabo-a-seu-aprendiz