A Invenção do Pião

O pião foi um dos jogos tradicionais infantis mais populares de sempre do século passado. Simples e barato de se adquirir, era usado nos pátios das escolas por quase todas as crianças.


Resultado de imagem para piãoO movimento do pião resulta de um cordel (baraça ou guita) enrolado à sua volta. O cordel segura-se com a mão por uma das extremidades o qual se desenrola quando atiramos o pião ao chão puxando o cordel no sentido contrário.

Através da sua história o seu uso oscilou entre um simples jogo infantil e uma peça mística ligada a rituais de premonição e leitura de presságios, onde associavam a sua rotação à dos astros.

Conhece-se a existência do pião desde o ano 4000 a.C. tendo sido descobertos na margem do rio Eufrates vestígios desse objecto, feito em argila.

Igualmente se confirma a sua utilização através de pinturas antigas e de certos textos que já o identificam, como os do político e historiador romano Marco Porcio Catón e até mesmo na Eneida de Virgílio, no séc. I a.C..

O exemplar que é considerado como o mais antigo do mundo, data de 1250 a.C. e está em exposição no Museu Britânico.

Curiosamente, várias figuras de relevo da antiguidade estão de algum modo relacionadas com o pião.  Enquanto o dramaturgo grego Aristófanes se declarava obcecado pelo objecto, já o filósofo Platão usava-o como metáfora para o movimento.

Poetas romanos como Ovídio e Aulus Persius Flaccus, inseriam-no nos seus poemas tendo Persius afirmado que em criança ligava mais ao pião do que aos estudos.

Se é verdade que os gregos e romanos usavam-no essencialmente como brinquedo, também há que realçar que foram as culturas orientais do Japão e da China que o introduziram no ocidente. No Japão os adultos e as crianças japoneses jogavam intensamente o pião convertendo-o mesmo numa arte com direito a espectáculos com exímios exercícios de equilíbrio nas palmas das mãos e em certas superfícies.

Acabando por estar representado na infância de quase todos os países do mundo, foi um dos jogos mais populares Até final da década de 70.

Actualmente e apesar da tentativa de criar modelos mais práticos e atractivos, a sua utilização pelas crianças quase que desapareceu nos países mais desenvolvidos.

Tal como outras brincadeiras clássicas, o pião perdeu visibilidade e adeptos com o aparecimento dos novos brinquedos das gerações modernas e com o advento das consolas de jogos portáteis. 

 

Tags: A Invenção do Pião

Imprimir Email

  • /index.php/salas/historia/59-invencoes/1339-a-invencao-do-raio-x
  • /index.php/salas/historia/59-invencoes/1337-a-invencao-da-torradeira