Banner `Pitágoras topo

Renoir

 

Renoir

Pierre Auguste Renoir nasceu em Limoges, em 25 de fevereiro de 1841.Filho do alfaiate Leonard Renoir e da operária de fábrica Marguerite Merlet. Quando ele tinha quatro anos a família mudou-se para Paris.

Desde pequeno Renoir mostrou habilidades para a música e o desenho, mas sua família tentou fomentar nele o gosto pela pintura, por pensar que seria essa a maneira mais fácil de ganhar a vida. Deste modo, aos treze de anos entrou como aprendiz para a loja do irmãos Levy, decoradores de porcelana.

Em 1862, para evoluir na pintura, além da instrução formal que possuía, entrou para a Escola de Belas Artes. Entrou para o ateliê de Charles Gleyre, pintor suíço dono de uma loja de artes, onde conheceu outros jovens pintores que, posteriormente, seriam intitulados impressionistas.

De início, os trabalhos dos jovens pintores, não foram bem recebidos, sendo até mesmo ridicularizados pelas instituições artísticas, tendo suas obras recusadas para as exposições do Salão Oficial. Renoir, para sobreviver, pintava retratos convencionais e expunha suas obras rejeitadas pelo Salão Oficial no Salão dos Recusados. Em 1865, conseguiu que dois trabalhos fossem aceitos e expostos no Salão Oficial: " Retrato de William Sisley"e "Uma tarde de verão". Em 1868 começou a trabalhar junto com Monet, um dos velhos amigos da loja de Gleyre. Passaram a pintar juntos, perto de Paris, onde Monet tinha uma casa que se tornou ponto de encontro daqueles novos pintores.
Em 1874, cansados de serem rejeitados, ele e outros artistas (Monet, Sisley, Berthe Morisot entre outros) organizam a primeira exposição.Renoir inclui 7 quadros. A exposição não teve sucesso financeiro, mas rendeu aos expositores o título de "impressionistas", para idicularizá- los.

Termina a obra "O Dançarino" e em seguida " Moulin of the Galette". Renoir confirma-se como um dos representantes mais notáveis no impressionismo.Em 1876,durante a segunda Exposição Impressionista, Renoir apresentou 15 trabalhos, período no qual seus quadros já agradavam, como a obra " Madame Charpentier e suas filhas" alcançando um enorme sucesso na exposição do Salão em 1879.Em 1881 Renoir vai para a Itália.Ele ficou tão impressionado com o trabalho dos renascentistas italianos que chegou à conclusão de que nada sabia de desenho, e muito pouco de pintura. É a partir desse instante que o artista, firma o seu traço, e abandonando a maneira impressionista de aplicar as tintas em pequenas pinceladas, passando a usar o método de espalhá-las em camadas e vernizes. Satisfeito com aquele trabalho e com uma estabilidade econômica que adquirira, tornou-se um artista mais austero e mais clássico, sem abandonar o brilho de coloração característico do impressionismo. Aqui podemos destacar "Jovem nadador", "A toilette", entre outros .